sexta-feira, 17 de maio de 2013

Baile de Carnaval de 1929 no Clube Português



A matiné infantil para a garotada aconteceu em 2 de fevereiro
             1929 foi o ano em que se iniciou uma grande crise na economia mundial, devido à quebra da Bolsa de valores dos Estados Unidos.
            Enquanto isso, no Brasil, os foliões, carnavalescos e nos salões se cantavam, com todo entusiasmos, as marchas Dorinha meu Amor, Vadiagem, Gosto que me enrosco, com Mário Reis; É sim senhor, Seu doutor, Comigo não violão, com Francisco Alves e Sou da fuzarca e Não sou mais trouxa, criações de Benício Barbosa.
             No Clube Português não foi diferente. Seus bailes de carnavais eram famosos. Noticiava o Diário de S. Paulo de 1º/2/1929: "Costumam ser das mais entusiasticas e pomposas as festas carnavalescas do Clube Português. Este ano abri-se-ão os salões da bela casa da Avenida São joão, para doi retumbantes acontecimentos da empolgadora quadra do imperador Momo.
            O 1º, no domingo, dia 2 de fevereiro, reunirá a buliçosa 'gente de palmo e meio' num vesperal a fantasia, com muita alegria, de bombons, jogo de confete, serpentinas e, sobrehavendo, na mesma noite às 20 horas, sarau dançante para os sócios e suas famílias.
            O 2º terá lugar no dia 11, das 22 horas em diante, e consite num baule carnavalesco, em forma, obrigatória de traje a rigort, fantasia ou branco, exclusivamente, para as famílias, com exceção da petizada que, essa, tem que dormir para acordar cedo e bem disposta no dia do Entrudo.
           A sede do Clube receberá artística e original ornamentação, caprichosa e rica".
Grupo de associados fantasiados para o carnaval de 1929. À esquerda, sentada no sofá, vemos a Sra. Maria Amélia D'Eça, e ao centro, a Sra. Sarah Costa, esposa do vice-presidente do Clube Português, Sr. Júlio Costa. Sentadas no chão, à esquerda está a srta. Helena Costa e, a direita, sua irmã Maria Antônia Costa, filhas de Júlio e Sarah Costa. Essas duas mocinhas serão futuramente animadoras do 1º Grupo de Danças Regionais da referida entidade
          
Sobre esta festiva noite, eis o registro do livro “Ephemerides do Club Portuguez de S. Paulo”:
           "Se as festas do Clube, os seus saraus, os seus vesperais, as suas magníficas reuniões lhe não marcassem, desde há muito, um lugar de elite entre as mais distintas Associações de São Paulo, bastaria o Baile de Carnaval, do dia 11 de fevereiro, para lhes assegurar iniludivelmente. Foi uma bela noite de alegria, de encantamentos e de elegância, com toda a graça e espírito inerentes ao festejo de Momo, sem uma nota destoante que lhe perturbasse as folgas e os risos francos. Centenas de famílias encheram nossos salões caprichosamente adornados, numa orgia de luzes, de plantas e de corbeiles. A formosura e a distinção das senhoras, algumas das quais ricamente fantasiadas dava requintes de realce ao bulício das danças que animaram sem cessar até alta madrugada. Foi cuidado e bem abastecido o serviço de buffet. Os senhores Diretores foram incansáveis de gentilezas para com os convidados e associados. Boa organização em tudo, e uma ordem que mereceu louvores aos mais exigentes. Música afinada e incansável. A melhor sociedade da colônia portuguesa e do meio paulista passou, esta noite, pelos salões do Clube. E as apreciações dos menos dados a amabilidade eram unanimes, no dia seguinte: “O baile de 11, no Clube Português, foi o melhor, senão o melhor, do Carnaval deste ano, em São Paulo”.
Os associados se divertiram à beça. Os jornais da capital, sem excessão, noticiaram o Baile de Carnaval do Clube Português
como o acontecimento do ano

2 comentários:

  1. Dalila Teles Veras17 de maio de 2013 12:42

    Parabéns ao Clube Português de São Paulo pela feliz iniciativa deste blog, oportunidade ímpar em compartilhar com mais gentes seus tesouros.

    ResponderExcluir
  2. se vê que naquela altura (1929) o Carnaval ainda era visto como uma festa européia, que na verdade É... afinal o Carnaval é uma festa que segue o calendário Católico... a folia (comilança de carne) vai até a 3a. feira Gorda... gorda devido ao consumo de carnes... o Carnaval mais famoso da Europa era o de Veneza... essas fotos mostram bem isso.

    ResponderExcluir